República de Cabo Verde

Designação Oficial: República de Cabo Verde

Capital: Cidade da Praia

Outras cidades importantes:Mindelo, Assomada, S. Filipe

Data da actual Constituição: 25 de Setembro de 1992. Foi revista em Julho de 1999

Língua: A língua oficial é o Português, utilizando-se localmente o Crioulo

Unidade monetária: Escudo de Cabo Verde (CVE)

Lema: Unidade, Trabalho, Progresso

Hino Nacional: Cantico da Liberdade

Gentílico: Cabo-Verdiano

Cabo Verde é um país africano constituído por dez ilhas. Foi descoberto por Portugal no século XV e é um arquipélago de origem vulcânica. Tem cerca de 420.979 habitantes e um turismo crescente, principalmente na Ilha do Sal e na Ilha de Santo Antão. Arquipélago que pertenceu a Portugal desde sua descoberta, tornou-se independente em 1975. Cabo Verde está dividido em 22 concelhos: Boa Vista, Brava, Maio, Mosteiros, Paul, Porto Novo, Praia, Ribeira Grande, Sal, Santa Catarina, Santa Cruz, São Domingos, São Filipe, São Miguel, São Nicolau, São Vicente e Tarrafal.

Solo de montanhas clivosas coberto de cinzas vulcânicas, pouca vegetação cresce nas ilhas; ainda há um vulcão activo que deu origem à ilha do Fogo. O clima é quente e seco com médias anuais de 20º/25ºC e em Janeiro e Fevereiro sofre a acção das tempestades de areia vindas do Saara.

As ilhas de Cabo Verde têm poucos recursos. Os mais relevantes são a agricultura, frequentemente afectada pelas secas, e a riqueza marinha do arquipélago. Na cultura têm a música onde há diversos géneros musicais próprios, dos quais se destacam a morna e a coladera.

Recursos económicos:

Os recursos económicos de Cabo Verde dependem sobretudo da agricultura e da riqueza marinha. A agricultura sofre frequentemente os efeitos das secas.

As culturas mais importantes são o café, a banana, a cana-de-açúcar, os frutos tropicais, o milho, os feijões, a batata-doce e a mandioca.

A banana e a indústria das conservas de peixe, o peixe congelado, as lagostas, o sal e as confecções são os principais produtos exportados.

O sector industrial encontra-se em pleno desenvolvimento e podemos destacar a fabricação de aguardente, vestuário e calçado, tintas e vernizes, o turismo, a pesca e as conservas de pescado e a extracção de sal, não descurando o artesanato e a construção.

Assim, o comércio e o turismo, especialmente na ilha do Sal, produzem 69% do PIB. O sector secundário gera 17% do PIB. O país importa mais de 80% dos alimentos que consome.

Página da Presidência da República: www.presidenciarepublica.cv

Portal do Governo: www.governo.cv

Fonte: Portal Lusoafrica

O País Lusófonia Política Economia Sociedade Desporto Educação Cultura Multimédia Saúde
Cultura Angola     Embaixadas Futebol        
Demografia Brasil   Turismo Serviços Basquetebol   Gastronomia    
Geografia Cabo Verde   As praias Emprego Ciclismo   Folcrore    
História Guiné Bissau   Ecoturismo Imobiliário Canoagem   Festas Locais    
Clima  Moçambique   A Capital Meteorologia  Clubes        
Fotos  Portugal      Tecnologia Taykwondo        
  Timor     Links Úteis Capoeira        
  S.Tomé e Príncipe       Xadrez        

© 2015 STP Digital Lda. Todos os direitos reservados. | Desenvolvimento por Albatroz Digital | Manutenção por STP Digital Lda | Termos e Política de Privacidade | Publicidade