Ambiente Natural de São Tomé e Príncipe.

São Tomé e Príncipe duas ilhas com ambientes naturais mais ricos do mundo, que por afinidade tem dois traços muito distintos como “Africano” e “Português”.

Este país maravilhoso tem vários recursos como: As reservas petrolíferas, A revitalização da agricultura e da pesca, Plantas endémicas e medicinais.

O turismo

Estes são reconhecidos como o tripé de uma estratégia de desenvolvimento para São Tomé e Príncipe.

O principal tripé é o turismo, este é visto como um sector que mais tem evoluído nos últimos anos, fazendo com os recursos em diferentes partes do país se desenvolvam, e também fazendo com que a população tenha melhor qualidade de vida.

A forte defensora do turismo (Island Resources Foundation) tem vindo a desenvolver através de pequenos hotéis e pousadas situados no interior do país, crescimento social, económico e institucional, além de proteger e melhorar seu ambiente.

Há muitos planos e programas sobre as necessidades das três infraestruturas básicas: a água tratada, a energia elétrica, e as estradas e ruas.

São Tomé e Príncipe possuem rotas de abastecimento extremamente longas e difíceis, com os recursos petrolíferos em alto-mar resultará em um aumento considerável direto em atividades comerciais diárias que aumentariam a capacidade do sistema de abastecimento.

Turismo Sustentável

São Tomé e Príncipe participou em estudos sobre o “ecoturismo”, em 2008, conduzida por a Organização Mundial de Turismo, o Banco Mundial, e Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas, com que teve uma avaliação mais realista sobre as oportunidades e riscos encontrados por São Tomé e Príncipe nesse tempo difícil.

Na noção das actividades de mergulho, bodyboard e pesca em mar, continuarão a desenvolver em áreas seguras, devido as avaliações do “ecoturismo”, naturalmente os riscos de poluição diminuíram e foram resolvidos. Isto pode trazer mais turistas durante o inverno, e durante períodos de grande concentração de aves migratórias e outras espécies (por exemplo, baleias) no Golfo da Guiné.

Contudo também á estudos com algumas propostas realistas sobre a integração do novo desenvolvimento turístico com a tentativa de revitalizar as roças, tendo assim um instrumento poderoso de marketing para a promoção do turismo natural da riqueza e acessibilidade da flora e fauna local e exclusiva de São Tomé e Príncipe.

Com o estudo da Organização Mundial do Turismo (OMT) estimou 10.000 visitantes, em 2008 que somente 30% estiveram no país em lazer enquanto em 2010 e 2012 atingiu a meta de 21.000 turistas, viajando a lazer 35%, isto significa que em dois anos o número de turistas de lazer aumentou 11.000 turistas.

Ademais, dados parciais das pesquisas da Organização Mundial do Turismo (OMT) de 2008 indicam que aproximadamente metade de todos os turistas atuais (43%) são de Portugal.

Provavelmente uns dos interesses dos turistas da Europa são: os mercados ativo naturais, as observações das aves, Ligações aéreas e férias de inverno no clima quente de São Tomé e Príncipe.

Em sua maioria, os turistas procuram principalmente as tradições culturais atrativas e singulares, na proteção da herança natural de São Tomé, que hoje em dia as maiorias das roças tornaram-se em alojamentos.

Em qualquer serviço de guia turístico responsável em São Tomé pode garantir que consiga ver 25 ou 26 de espécies endémicas em dois dias de observação em espécies raras quase desconhecidas em qualquer outra parte do mundo (com exceção talvez de Galápagos).

Nomeadamente os guias também pretendem mostra e contar as turistas as histórias do “verdadeiro” São Tomé, com ajuda dos artistas e intérpretes das regiões locais.

Para o próximo passo para o Desenvolvimento do Turismo em STP anda muita informação disponível entre os membros de sectores públicos e privados sobre os riscos e oportunidades para o desenvolvimento, e promoção de um novo tipo de turismo. Esta informação precisa ser organizada e compartilhada entre os atores principais para que se dê início a uma ação efetiva.

Agradecendo O Presidente da Câmara Municipal de Água Grande Kiney Santos Pelo excelente trabalho que tem vindo a desenvolver na região local.

Luís Noronha - Guia Turístico