Sonair assume maioria da STP-airways

A Sonair, transportadora aérea da Sonangol, vai assumir a maioria do capital (51%) da STP – Airways, a companhia de aviação de S. Tomé e Príncipe. De acordo com o ministro são-tomense das Obras Públicas e Infraestruturas, Carlos Vila Nova, a decisão seria formalizada esta quarta-feira na assembleia geral de accionistas da STP–Airways.

Carlos Vila Nova anunciou ainda que a operação de aquisição pela Sonair de 51% da companhia de bandeira do seu país será acompanhada por uma injecção de capital na empresa, bem como pela disponibilização de novos equipamentos, designadamente aviões.

A composição accionista da STP–Airways, constituída em 2008, integrou, até agora, a Euro-atlantic, com 37% do capital social, o Estado são-tomense com 35%, a empresa privada GIAS com 14% e o Banco Equador com outros 14%. Em entrevista à televisão do seu país (TVS) o ministro das Obras Públicas e Infraestruturas de S. Tomé escusou se a revelar qual a nova distribuição accionista da STP–Airways mas, segundo o jornal Téla Nón, ‘ao que tudo indica o Estado são-tomense vai abrir mãos de parte ou da totalidade dos seus 35%’.

O jornal adianta que ‘o Banco Equador, dominado por capital angolano’, poderá já ter acordado com a Sonangol a venda dos seus 14% de capital social na STP-Airways.

Para chegar a 51% das acções, a Sonangol deverá ainda adquirir participações das outras duas empresas accionistas da companhia de bandeira nacional’, refere o Téla Nón. Recorde-se que, no passado mês de Abril, o primeiro-ministro de S. Tomé e Príncipe, de visita a Ango la, declarara esperar que a Sonair se tornasse ‘o parceiro maioritário da STP Airways com 51%

Na altura, Patrice Trovoada classificou a parceria como a Sonangol como ‘importante’, adiantando que o facto de outros accionistas incluindo o Estado, terem diminuído a sua participação para fazer entrar a Sonangol, obedece também a uma lógica económica

Patrice Trovoada frisou que ‘a particularidade da So nangol em relação aos outros investidores’, reside na circunstância de a Sonangol não ser ‘um investidor de curto e médio prazo devido às relações históricas’ com Angola e a petrolífera nacional.

A Sonangol, que irá agora assumir uma posição maioritária na companhia aérea de bandeira de S. Tomé e poderá passar também a deter uma posição de controlo no capital da EMAE (a Empresa de Água e Electricidade de S. Tomé), já administra o porto e o aeroporto internacional de S.Tomé e Príncipe.

Luís Faria

Fonte: Jornal Opais.net

Demografia
Demografia
Do total da população de São Tomé e Príncipe, com aproximadamente 187.356 habitantes (Censo 2012) [...] Foto:...
Venha Conhecer São Tomé e...
Venha Conhecer São Tomé e...
São Tomé e Príncipe é um destino ideal para conhecer uma África amável [...] Foto: Cruza Mundos São Tomé...
Ússua
Ússua
Nasceu no início do século XX, sendo uma dança praticada pelos "filhos da terra" de inspiração europeia:...
O País Lusófonia Política Economia Sociedade Desporto Educação Cultura Multimédia Saúde
Cultura Angola     Embaixadas Futebol        
Demografia Brasil   Turismo Serviços Basquetebol   Gastronomia    
Geografia Cabo Verde   As praias Emprego Ciclismo   Folcrore    
História Guiné Bissau   Ecoturismo Imobiliário Canoagem   Festas Locais    
Clima  Moçambique   A Capital Meteorologia  Clubes        
Fotos  Portugal      Tecnologia Taykwondo        
  Timor     Links Úteis Capoeira        
  S.Tomé e Príncipe       Xadrez        

© 2015 STP Digital Lda. Todos os direitos reservados. | Desenvolvimento por Albatroz Digital | Manutenção por STP Digital Lda | Termos e Política de Privacidade | Publicidade