“Segurança Pública é um papel de todos” afirma Ketty Borge

O nosso país é conhecido pela amabilidade e simpatia das suas gentes e pela segurança e taxa baixa de criminalidade. Todavia, nos últimos tempos, aumentaram os relatos de crimes como assalto à mão armada, sequestro e violação sexual. Numa altura em que os são-tomenses estão preocupados com o aumento da criminalidade no país, o STP Digital conversou com a psicóloga Ketty Borges para saber um pouco mais sobre este fenómeno.

Dra. Ketty, é possível travar este surto de violência que assola São Tomé e Príncipe?

Sim, acredito ser possível. Primeiro: temos que informar a população sobre as várias formas de prevenção. Digo isso porque nós São-Tomenses somos um pouco ingénuos quando se trata de crimes e violação, a população ainda acredita num país calmo, sem nenhum tipo de crime, ainda acreditam que em STP pode-se dormir com as portas e janelas abertas. Por isso acredito que o momento que vivenciamos agora exige urgentemente que seja feito um trabalho de casa muito bem executado sobre a prevenção. A segurança pública deve ser reforçada e os criminosos devem pagar pelos crimes que cometem imediatamente para que sirvam de exemplo. Julgo também que as autoridades competentes trabalhem no sentido de entender o porquê deste aumento súbito e bárbaro de violência no nosso país. Será a televisão? Será a Internet? Falta de emprego? Frustração dos jovens? Frustração da camada pobre? Roubam e violam pelo mero prazer de ver o outro sofrer? Álcool? Drogas? Devemos nos colocar essas questões para que possamos chegar numa causa coerente. As medidas devem ser tomadas imediatamente.

Normalmente pensa-se que segurança pública é papel exclusivamente do Estado. As parcerias com as organizações sociais da sociedade civil também podem contribuir?

Pois não, é óbvio que a segurança pública é um papel de todos, como já referi na minha resposta anterior, o estado tem o seu papel que é de nos manter informado e a sociedade tem que se proteger através de medidas preventivas. Todos são chamados a colaborar.

Que perfil traçaria dos criminosos que têm assaltado casas e violado as vítimas, outros que têm atacado casais?

Traçar um perfil sem antes acompanhar de perto os casos é complicado, mas posso dizer que um violador/assaltante pode muito bem ser aquele indivíduo de quem menos desconfiamos. Ele pode ter boa aparência, ter capacidade de dialogar e ser simpático, querer ajudar, etc. Nos casos dos assaltos que ocorrem à noite, nos quais a vítima também é violada, o agressor pode estar sob efeito de álcool ou de uma droga qualquer. Ou então, ser alguém com distúrbios psicológicos, com aquela necessidade de sentir adrenalina quando comete esses crimes, gostam de ter domínio sobre a vítima, sentem-se poderosos. Esse tipo de pessoa é muitas vezes considerado psicopata. Um psicopata não sente empatia pelos outros, nem remorsos pelos seus atos, vive as suas próprias regras e só sente culpa quando rompe com o seu próprio código de conduta. Para os psicopatas as pessoas são coisas, objetos que servem para satisfazer os seus interesses.

Acredita na reinserção social deste tipo de criminosos?

Depende muito do perfil, se for aquele criminoso que comete crimes pela frustração ou pelo uso de drogas, será sim possível tratar os problemas que o levaram a cometer determinados tipos de crimes e seria desta forma reinserido na sociedade, podendo viver e conviver normalmente com os outros.

Podemos afirmar que a sociedade são-tomense está doente?

Não é que a nossa sociedade esteja doente, mas sim uma sociedade cheia de problemas possíveis de resolução. Veja, por exemplo, quando um de nós está cercado de problemas, vemos a nossa vida sem nenhum controle, sentimos incapacidade para resolver tudo que nos atormenta, isso não significa que estamos doentes, mas que somos confrontados com limites que nos impedem de ir adiante. Precisamos resolver este e outros problemas que temos para nos sentirmos livres e capazes.

Entrevistada pela 
Katya Aragão
Demografia
Demografia
Do total da população de São Tomé e Príncipe, com aproximadamente 187.356 habitantes (Censo 2012) [...] Foto:...
Venha Conhecer São Tomé e...
Venha Conhecer São Tomé e...
São Tomé e Príncipe é um destino ideal para conhecer uma África amável [...] Foto: Cruza Mundos São Tomé...
Ússua
Ússua
Nasceu no início do século XX, sendo uma dança praticada pelos "filhos da terra" de inspiração europeia:...
O País Lusófonia Política Economia Sociedade Desporto Educação Cultura Multimédia Saúde
Cultura Angola     Embaixadas Futebol        
Demografia Brasil   Turismo Serviços Basquetebol   Gastronomia    
Geografia Cabo Verde   As praias Emprego Ciclismo   Folcrore    
História Guiné Bissau   Ecoturismo Imobiliário Canoagem   Festas Locais    
Clima  Moçambique   A Capital Meteorologia  Clubes        
Fotos  Portugal      Tecnologia Taykwondo        
  Timor     Links Úteis Capoeira        
  S.Tomé e Príncipe       Xadrez        

© 2015 STP Digital Lda. Todos os direitos reservados. | Desenvolvimento por Albatroz Digital | Manutenção por STP Digital Lda | Termos e Política de Privacidade | Publicidade